Notícias

Em Padre Marcos, Secretaria de Assistência Social retorna atividades do SCFV de forma remota

12/06/2020

 

Em Padre Marcos, Secretaria de Assistência Social retorna atividades do SCFV de forma remota

 

  em 05 de junho de 2020

 

Secretária de Assistência Social Maria Lucicleide

A Secretaria Municipal Assistência Social de Padre Marcos – PI, seguindo as normativas dos Decretos Municipais e das recomendações das autoridades de Saúde informa que as atividades presenciais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV e os grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF, permanecerão suspensas. Mas os referidos públicos estão sendo acompanhados por meio de atividades remotas, via WhatsApp, Instagram e ligações.

A equipe de assistência social também elaborou um guia de orientações sobre as atividades remotas em meio a pandemia do COVID-19 e treinou a equipe de profissionais dos serviços socioassistenciais do município de Padre Marcos.

As atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos tiveram início no dia 01 de junho, estão acontecendo remotamente, utilizando as redes sociais, principalmente por aplicativos de mensagens.

As atividades socioeducativas e socioculturais são encaminhadas três vezes na semana para as crianças, adolescentes e quinzenalmente para os idosos, garantindo meios para reforçar laços familiares com atividades lúdicas e educativas até que as atividades presenciais voltem acontecer após o achatamento da curva de propagação do Coronavírus.

As orientadoras sociais do serviço de convivência e fortalecimento contaram para o Portal Piauí em Foco como tem sido a rotina de atendimentos remotos.

Orientadora Isamara: “O grupo de WhatsAap tem como objetivo continuar estimulando o desenvolvimento cognitivo, a saúde mental e fortalecendo os vínculos familiares das nossas crianças e adolescentes, nesse período de pandemia. Esta sendo um período de desafio para cada um de nós, mas com a realização das atividades propostas eles tiveram um grande ganho no desenvolvimento social e educacional.”

Orientadora Josivânia: “Iniciamos as atividades do serviço de convivência no dia 1 de junho de 2020, de maneira remota. No que se refere ao acompanhamento dos pais neste novo processo de aprendizagem, eles juntamente com as crianças aderiram de forma positiva. É algo desafiador, mas que vem trazendo bons resultados. Estou muito feliz com o inicio das atividades pois servirão para ocupar a mente das crianças neste momento.”

Orientadora Débora: “A execução das atividades esta sendo um desafio para mim que sou orientadora, mas que esta trazendo um novo aprendizado para cada um, onde eles podem estar participando com seus pais. Mesmo não sendo presencial, estão surtindo efeito para as crianças e adolescentes,que estão podendo participar e trocar informações. Eu vejo a importância de estar executando as atividades, mesmo em meio a pandemia, é um momento em que eles estão mais vulneráveis e fragilizados.”

Assistente Social Gessica Ramos

A Assistente Social Gessica Ramos explicou que com a pandemia de Covid-19, algumas atividades como as visitas domiciliares e os encontros do grupo de convivência foram suspensos. “Considerando de extrema necessidade as atividades e os serviços, estão sendo executados de forma remota, no qual as atividades remotas estão sendo um desafio para todos. Os resultados são positivos, o momento em qual os pais podem estar acompanhando suas crianças e adolescentes, a fim de fortalecer os laços familiares, eles são nosso suporte essencial. Nosso objetivo é contribuir para o fortalecimento do vinculo e suprir as necessidades das famílias vulneráveis durante a pandemia”, acrescentou a assistente social.

Psicóloga Vanessa Marques

A psicóloga do município Vanessa Marques retificou: “Considerando a importância do acompanhamento do projeto “Criança Feliz”, as atividades foram retomadas de forma remotas, através ligações e mensagens via Whatsaap. Em caso de extrema urgência, estão acontecendo visitas presenciais, como já chegou a acontecer. É de extrema importância que durante esse período que nos trás tanta insegurança, precisamos continuar fornecendo o suporte emocional e social, tanto as gestantes, como para as crianças.”

O trabalho do SCFV tem caráter preventivo e proativo. É importante permanecermos construindo laços, ajudando e fortalecendo o convívio familiar, melhorando a qualidade de vida das famílias, para que possam garantir um futuro mais digno e feliz para as crianças, adolescentes e idosos, mesmo durante o período da pandemia, afirma a Maria Lucicleide – Secretaria Municipal de Assistência Social.

Em Padre Marcos, Secretaria de Assistência Social retorna atividades do SCFV de forma remota

 

  em 05 de junho de 2020

 

Secretária de Assistência Social Maria Lucicleide

A Secretaria Municipal Assistência Social de Padre Marcos – PI, seguindo as normativas dos Decretos Municipais e das recomendações das autoridades de Saúde informa que as atividades presenciais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV e os grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF, permanecerão suspensas. Mas os referidos públicos estão sendo acompanhados por meio de atividades remotas, via WhatsApp, Instagram e ligações.

A equipe de assistência social também elaborou um guia de orientações sobre as atividades remotas em meio a pandemia do COVID-19 e treinou a equipe de profissionais dos serviços socioassistenciais do município de Padre Marcos.

As atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos tiveram início no dia 01 de junho, estão acontecendo remotamente, utilizando as redes sociais, principalmente por aplicativos de mensagens.

As atividades socioeducativas e socioculturais são encaminhadas três vezes na semana para as crianças, adolescentes e quinzenalmente para os idosos, garantindo meios para reforçar laços familiares com atividades lúdicas e educativas até que as atividades presenciais voltem acontecer após o achatamento da curva de propagação do Coronavírus.

As orientadoras sociais do serviço de convivência e fortalecimento contaram para o Portal Piauí em Foco como tem sido a rotina de atendimentos remotos.

Orientadora Isamara: “O grupo de WhatsAap tem como objetivo continuar estimulando o desenvolvimento cognitivo, a saúde mental e fortalecendo os vínculos familiares das nossas crianças e adolescentes, nesse período de pandemia. Esta sendo um período de desafio para cada um de nós, mas com a realização das atividades propostas eles tiveram um grande ganho no desenvolvimento social e educacional.”

Orientadora Josivânia: “Iniciamos as atividades do serviço de convivência no dia 1 de junho de 2020, de maneira remota. No que se refere ao acompanhamento dos pais neste novo processo de aprendizagem, eles juntamente com as crianças aderiram de forma positiva. É algo desafiador, mas que vem trazendo bons resultados. Estou muito feliz com o inicio das atividades pois servirão para ocupar a mente das crianças neste momento.”

Orientadora Débora: “A execução das atividades esta sendo um desafio para mim que sou orientadora, mas que esta trazendo um novo aprendizado para cada um, onde eles podem estar participando com seus pais. Mesmo não sendo presencial, estão surtindo efeito para as crianças e adolescentes,que estão podendo participar e trocar informações. Eu vejo a importância de estar executando as atividades, mesmo em meio a pandemia, é um momento em que eles estão mais vulneráveis e fragilizados.”

Assistente Social Gessica Ramos

A Assistente Social Gessica Ramos explicou que com a pandemia de Covid-19, algumas atividades como as visitas domiciliares e os encontros do grupo de convivência foram suspensos. “Considerando de extrema necessidade as atividades e os serviços, estão sendo executados de forma remota, no qual as atividades remotas estão sendo um desafio para todos. Os resultados são positivos, o momento em qual os pais podem estar acompanhando suas crianças e adolescentes, a fim de fortalecer os laços familiares, eles são nosso suporte essencial. Nosso objetivo é contribuir para o fortalecimento do vinculo e suprir as necessidades das famílias vulneráveis durante a pandemia”, acrescentou a assistente social.

Psicóloga Vanessa Marques

A psicóloga do município Vanessa Marques retificou: “Considerando a importância do acompanhamento do projeto “Criança Feliz”, as atividades foram retomadas de forma remotas, através ligações e mensagens via Whatsaap. Em caso de extrema urgência, estão acontecendo visitas presenciais, como já chegou a acontecer. É de extrema importância que durante esse período que nos trás tanta insegurança, precisamos continuar fornecendo o suporte emocional e social, tanto as gestantes, como para as crianças.”

O trabalho do SCFV tem caráter preventivo e proativo. É importante permanecermos construindo laços, ajudando e fortalecendo o convívio familiar, melhorando a qualidade de vida das famílias, para que possam garantir um futuro mais digno e feliz para as crianças, adolescentes e idosos, mesmo durante o período da pandemia, afirma a Maria Lucicleide – Secretaria Municipal de Assistência Social.

De 0 a 10, quanto você avalia nosso site?